Superfoods

Olá pessoal, como vão? Como foi o final de semana? Eu andei pensando num tema legal para iniciar a semana e resolvi falar de superfoods. Você já ouviu falar nos superfoods, ou superalimentos?

Como mencionei no post anterior, por mais que tenhamos boa intenção, nem sempre acertamos ao fazer escolhas na nossa alimentação. Muitas vezes somos enganados pelo marketing, consumindo alimentos que parecem ser benéficos, mas que não contribuem em nada para nossa nutrição e ainda podem trazer problemas de saúde. Pesquisando então como me alimentar melhor e buscando acertar nas minhas escolhas, acabei conhecendo o termo superfood, ou superalimento.

De acordo com o dicionário Macmillan, superfood é “um alimento que é considerado muito benéfico e que pode até mesmo ajudar na melhora de alguns problemas de saúde“. O dicionário The Oxford define superfood como “um alimento rico em nutrientes especialmente benéfico para a saúde e o bem estar“.

Vou mencionar aqui alguns alimentos considerados superfoods, que eu procuro sempre consumir e oferecer para minha filha. Dêem uma olhada nas suas características e seus potenciais benefícios:

blueberries

Mirtilos ou blueberries: Mirtilos são uma boa fonte de vitamina K, além de vitamina C, fibra e manganês. Alguns nutricionistas ingleses recomendam adicionar mirtilos à dieta, pois esta fruta tem o potencial de proteger contra doenças do coração e melhorar a memória. São muitos os benefícios dos mirtilos. Possuem poucas calorias e grande quantidade de nutrientes, incluindo antioxidantes mais potentes que as vitaminas C ou E. Aqui em casa os mirtilos estão sempre presentes no café da manhã ou no lanche da tarde.

salmao

Peixes oleosos: Estudiosos começaram a se interessar nos benefícios dos peixes oleosos quando observaram que os esquimós, cuja dieta era baseada nestes peixes, sofriam menos ataques do coração do que a média da população em geral. Salmão, atum, truta, arenque e sardinha são os mais conhecidos peixes oleosos, podendo ser consumidos frescos ou defumados. Estes peixes são reputados por auxiliar contra doenças cardiovasculares, câncer de próstata, perda de visão devido à idade e demência. São boas fontes de vitamina D, proteína, algumas vitaminas do complexo B e selênio, alem de ácidos graxos omega-3, um tipo de gordura boa para a saúde. Aqui em casa, ao menos 1 vez por semana consumimos salmão, seja no forno ou em forma de sushi (para os adultos, pois ainda não ofereci peixe cru para minha filha).

brocolis

Brócolis: O brócolis possui muitos benefícios. Este versátil vegetal é uma boa fonte de vitamina C e folato, além de conter vitaminas A, K, cálcio, fibra, beta-caroteno e outros antioxidantes. Em um estudo de 2012 com 81 pessoas com diabetes, aqueles que consumiram 10g por dia de um pó preparado com brócolis por 4 semanas obtiveram redução nos níveis de colesterol e triglicérides. Brócolis contém componentes que estão ligados à habilidade do corpo em impedir o crescimento de células cancerígenas. Sempre procuro incluir o brócolis nas sopas ou preparações com arroz ou carne aqui em casa. Todos aqui adoramos!

coconut-oil

Oleo de coco: A gordura do óleo de coco é uma gordura facilmente digerível pelo nosso organismo (chamada gordura de cadeia média)e, além disso, nosso organismo usa esta gordura de maneira diferente das demais. Enquanto a gordura presente na manteiga ou na carne é armazenada nas células do nosso corpo, a gordura do óleo de coco é enviada diretamente ao fígado, onde é convertida imediatamente em energia. Assim sendo, o óleo de coco aumenta o metabolismo de maneira saudável, queimando mais calorias e mesmo ajudando a perder peso! O óleo de coco também possui propriedades anti-bacterianas, anti-virais e anti-fúngicas. Confesso que o óleo de coco foi minha maior descoberta em termos de superalimentos. Hoje, procuro usar para cozinhar (a comida fica muito mais leve) e mesmo como hidratante para a pele e cabelos. Ainda quero dedicar um post exclusivo para esta maravilha da natureza!

Bom, que as superfoods são alimentos que possuem alta concentração de antioxidantes, vitaminas, minerais e outros nutrientes nós já sabemos. São ótimas opções para quem quer alcançar melhor qualidade de vida através da alimentação. Agora basta adicionar estes alimentos à nossa dieta e colher os benefícios!

Fontes:

www.macmillandictionary.com/dictionary/british/superfood

http://www.oed.com

http://www.nhs.uk/Livewell/superfoods/Pages/are-blueberries-a-superfood.aspx

http://foodmatters.tv/health-resources/fruit-and-nut-superfoods

Anúncios

3 comentários sobre “Superfoods

    • Oi Pam! Obrigada por comentar! Realmente há alimentos que consumimos e nem sabemos que podem nos fazer tão bem (ou mal né Rssss). Estou pesquisando muito sobre isso, logo posto mais! Volte sempre aqui, bjsssss

      Curtir

  1. […] Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 70% das doenças da população nos dias de hoje estão ligadas ao estilo de vida, acreditam? Além disso, uma mudança de hábitos, como melhor alimentação e inclusão de exercícios na rotina, poderia trazer uma economia de 50% do que se gasta em tratamentos e medicamentos para combater doenças crônicas relacionadas ao sedentarismo. Problemas cardiovasculares, hipertensão, diabetes e colesterol são só alguns dos problemas que podem ser evitados com exercícios e uma dieta equilibrada. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s